Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório Turístico

Um Blog de Técnicos para Técnicos e de Técnicos para Turistas. Tudo o que é preciso encontrar sobre Turismo, está aqui!

Aldeias Históricas: Idanha-a-Velha

30.01.13 | Damiana Sousa

Pouco mais de 60 pessoas recebem quem visita Idanha-a-Velha. Este museu a céu aberto constitui uma interessante Aldeia Histórica. A sua parcial desertificação permitiu preservar achados arqueológicos, cujas construções se iniciaram no século I.

O valioso património histórico deverá ser descoberto a partir do Largo do Espírito Santo, um tradicional recinto de festas que nos apresenta uma capela seiscentista. Transpondo a Porta Norte e o troço da muralha, deparamo-nos com o maior Solar da aldeia, a Casa Marrocos. Reflecte um bonito trabalhado nas suas varandas e cantarias. Seguindo pela pequena rua, chegamos até à Igreja de Santa Maria (Sé Catedral), um templo construído na era dos Visigodos. O Lagar de Varas artesanal que está totalmente recuperado, merece também uma visita demorada para apreciar as técnicas anciãs de prensa da azeitona. Ainda nas imediações da Igreja, está exposta a maior colecção do País de epígrafes. São mais de cem e permitem identificar famílias romanas que ali viveram. No fim da rua aguarda-nos a Torre dos Templários, erguido, no que resta de um templo romano. Neste ponto alto, obtém-se uma belíssima vista sobre a aldeia.

A cinta amuralhada da aldeia conduz-nos até ao Forno Comunitário, recentemente restaurado, à Igreja Matriz e ao Pelourinho datado do século XVI. O rio Pônsul avista-se na paisagem, para nos levar até à Ponte de origem romana, que constituiu um importante elo de ligação entre Mérida e Braga.

Esta Aldeia Histórica conserva ainda pedras esculpidas e inscritas do tempo dos romanos... faz-nos um convite subtil para apreciar o valioso património histórico que encerra nas suas ruínas.

fonte da imagem: radiomonsanto.pt

 

fonte da imagem: http://redeculturalbb.ipcb.pt

Sugestões para o Fim de Semana

25.01.13 | Damiana Sousa

Chegou a Sexta feira!! E com ela chegam também as melhores sugestões para ocupar o tempo livre.

Este Fim de Semana estão em destaque os Eventos Gastronómicos (clique nas imagens para aceder a mais informações).

 

- Macedo de Cavaleiros: desde ontem 24/01, e até dia 27 decorre a Feira da Caça e do Turismo.

 

- Tabuaço: começa hoje a Semana Gastronómica que conta com vários restaurantes aderentes. Termina a 27 de Janeiro.

 

- Covilhã: decorre, a partir de hoje, e até dia 27 de Janeiro, o Snowboard Urban Festival.

 

- Lagos: Feira da Pequenada, dia 27. A Feira promove a venda de artigos para crianças em 2ª mão. Entre as 10h e as 18h no Mercado do Levante.

 

 

 

 

 

 

 

Sintra

23.01.13 | Damiana Sousa

Classificada como Património Mundial pela UNESCO, Sintra faz justiça ao seu título. A sua criação foi uma obra prima divina, onde cada pormenor esculpido nos faz sentir que esta simpática Vila chama por nós e que nos desvenda o misticismo que sempre girou à sua volta.

Rica em história e aninhada nas colinas da sua serra, Sintra é famosa pela sua arquitectura do século XIX. O Centro histórico remete-nos para a época em que os Reis e as suas carruagens pisavam os paralelos das ruas: os pequenos comércios, a arquitectura das casas, a história que se respira em cada canto.

A primeira paragem é no Palácio da Vila, conhecido também como Paço Real ou Palácio Nacional de Sintra. A sua arquitectura não passa indiferente a quem o visita. Alvo de várias remodelações, os seus diferentes estilos demonstram as diferentes épocas que atravessou; constitui um verdadeiro testemunho das várias fases da história de Portugal, entre elas a ocupação árabe e a reconquista cristã.

Continue o seu passeio e se possível a pé... As pequenas maravilhas naturais vão tornar este passeio inesquecível. Aprecie a fauna, a flora e as pequenas surpresas arquitectónicas.

Siga para a Quinta da Regaleira, um lugar misterioso onde se conjugam perfeitamente elementos Góticos, Manuelinos e símbolos esotéricos. O espaço envolvente é um mundo de descoberta por entre estátuas, labirintos, fontes e lagoas. Atreva-se a descer a escadaria do poço em espiral, que o fará sentir que chegou ao centro da Terra.

Chegando ao Castelo dos Mouros, depara-se com um testemunho da presença islâmica na região. Este Castelo não tinha uma função defensiva, mas de vigilância. Aqui, nunca se travou nenhuma batalha.

O Palácio da Pena, bem lá no alto da Serra, convida insistentemente para que o visitem.

O esforço da caminhada final, compensa o tesouro que vai descobrir ao chegar ao Palácio. Erigido sobre as ruínas de um Convento, constitui uma importante referência do Romantismo português. Outrora serviu apenas como residência de Verão da família real, mas acabou por ser transformado num Palácio onde se conjugam os estilos mouriscos, góticos e manuelinos. No seu interior, tudo está perfeitamente conservado. Ao percorrer os corredores, vai ter a estranha sensação que ainda por ali andam os nossos membros da antiga nobreza. O ambiente vai fazê-lo sentir um convidado neste Palácio, esperando que algum Rei o convide a sentar e a beber um chá. Os terraços oferecem uma paisagem luxuriante. Absorva o azul longínquo das praias, a vista distante sobre Lisboa e o verde encantado da Serra.

Desça até ao Centro da Vila e pare na Piriquita, onde pode adquirir os famosos travesseiros de Sintra. Depois de recuperar energias pode ainda fazer uma visita ao Museu do Brinquedo que conta com uma exposição onde estão incluidos brinquedos datados do século III a. C. ou fazer um pequeno passeio de charrete.

(Re)descubra Sintra, sempre que possível.

 

 

Curiosidade: Apesar de ser sede do segundo município mais populoso em Portugal, Sintra tem recusado ser elevada a categoria de cidade.

 

 

 

Fonte da imagem: visitportugal.com

 

Fonte da Imagem: parquesdesintra.pt

 

XXII Feira do Fumeiro

21.01.13 | Damiana Sousa

No dia 24, a partir das 16h, Mogadouro abre às portas à XXII edição da Feira do Fumeiro. Com o objectivo de promover as iguarias do concelho, este evento conta com mais de 80 expositores. Produtores de Fumeiro, Mel, Licores, Compotas, Chás e Pão estarão presentes para dar a provar aos visitantes de Montalegre os sabores do Concelho.

A Feira encerra a 27 de Janeiro.

 

 

 

Mais informações em: http://www.cm-montalegre.pt/showNT.php?Id=1981

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported.

Pág. 1/2