Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório Turístico

Um Blog de Técnicos para Técnicos e de Técnicos para Turistas. Tudo o que é preciso encontrar sobre Turismo, está aqui!

Segredos do Caramulo

28.11.12 | Damiana Sousa

O Concelho de Tondela convida a uma descoberta paisagística fascinante. Aqui se encontra também uma conjugação perfeita entre as tradições que nunca morrem e os segredos embalados pela Serra do Caramulo. Esta envolvente natural, confere ao concelho características únicas.

O passeio começa bem no centro de Tondela, onde se destaca a Fonte da Sereia, a Igreja Matriz e Museu Terras de Besteiros. Toma-se a direcção do Caramulo, encontrando-se pelo caminho a povoação de Molelos. Molelos agradece a sua fama ao artesanato em Barro Negro, único na região. Uma nova geração de artesãos, tem desenvolvido e recriado esta tradição ancestral. É possível visitar as olarias e fazer parte integrante deste ofício. A não perder!

Pouco depois, alcança-se a Sra. Do Calvário, um espaço natural aproveitado para belos piqueniques com uma magnífica vista para a Serra do Caramulo. A Vila de Campo de Besteiros fica logo ali à porta, convidando a visitar a Capela de Nossa Senhora do Campo. Deixando a Vila, inicia-se a subida em direcção à Serra do Caramulo, acompanhados pela paisagem tranquila e tipicamente montanhosa. Sem que se dê por ela, chega-se à Vila do Caramulo que merece uma visita calma pelos seus jardins. O Museu do Caramulo e o antigo Sanatório são os ex-libris desta pequena Vila bem colada ao topo da Serra.

O caminho segue agora para os pontos mais altos da Serra: Cabeço da Neve e Caramulinho. O Cabeço da Neve é um belíssimo planalto situado a 1000 metros de altitude, que oferece uma paisagem indescritível e impressiontante sobre o Vale de Besteiros: podem distinguir-se cidades, vilas, aldeias e os pequenos recortes ao fundo da vizinha Serra da Estrela.

O Caramulinho é o ponto mais alto da Serra do Caramulo e no alto dos seus 1074 metros de altitude observa-se a belíssima paisagem onde se distinguem pequenas povoações entaladas nas suas encostas. Em dias sem nebulosidade é possível distinguir perfeitamente o Farol da Praia da Barra, em Aveiro. Um verdadeiro local de revitalização, não só pela paisagem oferecida, mas também pelo puríssimo ar que caracteriza esta bela serra Portuguesa.

A descida leva-nos para uma úlima paragem no concelho: S. João do Monte. Pelo caminho, as várias aldeias com casario de pedra salpicam a paisagem, que deste lado da serra é mais agreste. Os riachos cantam na sua passagem alimentando a vegetação verde, que dão cor às pinceladas graníticas típicas do Caramulo. Em S. João do Monte destaca-se a praia fluvial envolta num ambiente de tranquilidade serrana.

O Concelho de Tondela tem sítios e tradições a descobrir, solares e casas senhoriais, casas de xisto e caminhos de serra. Tem refúgios de uma beleza inigualável que se oferecem a quem queira visitar.

Pôr do Sol na Serra do Caramulo (vista do Hotel Severino José - Tondela)

fonte: Própria

Capital Europeia da Cultura

20.11.12 | Damiana Sousa

Atreva-se a explorar a mais rica capital europeia da Cultura, em Portugal! Ainda vai a tempo de sentir o privilégio de conhecer Guimarães, um ponto de encontro de referência na Cultura Europeia.

Porque não começar a sua visita pelo extraordinário Castelo? Nascido no século X, sempre foi sua função proteger a comunidade em seu redor. Mas foi no século XII, com a formação do Condado Portucalense, que o Castelo recebeu o Conde D. Henrique e D. Teresa, que fizeram do Castelo e de Guimarães o Berço de Portugal, onde se afirma também ter nascido D. Afonso Henriques.

A Capela de S. Miguel, bem próxima do Castelo, deslumbra pelo seu estilo românico e de grande simplicidades arquitectónica. Este Monumento Nacional tem um grande simbolismo pela sua ligação ao período da fundação da nacionalidade. A vista alcança o Paço dos Duques de Bragança, uma majestosa Casa Senhorial do século XV, mandada edificar por D. Afonso Henriques. As sua caracterísitcas arquitectónicas, fazem deste edifício um exemplar único na Península Ibérica. Em 1959, abre ao público como Museu, contando no seu espólio uma riquíssima colecção trazida pelos Descobrimentos Portugueses, onde se destacam as tapeçarias, as porcelanas da Companhia das Índias, as faianças portuguesas e ainda uma vasta colecção de armas e armaduras dos séculos XV a XIX.

Descansa-se no Largo Martins Sarmento onde é possível contemplar o Chafariz, para de seguida a visita se dirigir para uma das primeiras ruas abertas em Guimarães. A Rua de Santa Maria, destinava-se a ser um elo de ligação entre o Convento e o Castelo. Na sua travessia, é possível contemplar o Convento de Santa Clara (hoje sede da Câmara Municipal), é possível visitar a Casa do Arco, a Casa dos Peixotos e a Casa Gótica dos Valadares.

A viagem histórica continua pelo Padrão do Salado, um alpendre gótico erguido no reinado de D. Afonso IV para comemorar a Batalha do Salado. Daqui à típica Casa da Rua Nova é um saltinho. Este é um edifício característico da cidade de Guimarães, com origem medieval e totalmente recuperado.

O Largo do Toural é o local perfeito para terminar a visita ao centro histórico. Aqui, no século XVII, localizava-se a porta da vila e era o ponto de encontro para os mais variados Mercados.

Para quem for apreciador de uma bela paisage, não pode perder a subida à montanha da Penha através do Teleférico. Bem lá no alto, o Santuário fica à espera dos seus visitantes e as grutas à espera dos seus exploradores. Os miradouros oferecem uma vista maravilhosa sobre a cidade, que tem muito a descobrir pela mão dos seus vestígios arquitectónicos.

 

 

 

 

Feira dos Santos - Mangualde 2012

05.11.12 | Damiana Sousa

O Consultório Turístico foi espreitar a Feira dos Santos em Mangualde e trouxe na mala boas impressões. Muitos Parabéns à Câmara pela dinamização que deram este ano não só à Feira mas também ao centro da cidade. É preciso apostar na divulgação dos maravilhosos produtos locais que Mangualde tem para oferecer e prova da sua receptividade junto do público é afluência que chegou à cidade nestes dois dias do evento.

Até para o ano!

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported.