Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório Turístico

Um Blog de Técnicos para Técnicos e de Técnicos para Turistas. Tudo o que é preciso encontrar sobre Turismo, está aqui!

Páscoa em Portugal

20.03.13 | Damiana Sousa

Agora que estamos quase a chegar à Páscoa, a proposta desta semana leva-nos de Norte a Sul de Portugal, procurando pelas tradições pascais que marcam o nosso País. Difícil vai ser escolher o local onde pode viver de perto esta época importante do calendário Cristão.

 

- Em Braga, na quarta-feira da Semana Santa realiza-se a Procissão de Nossa Senhora da Burrinha. Na Quinta-feira as ruas enchem-se de pessoas com a Procissão do Senhor "Ecce Homo" e na Sexta-feira Santa lembra-se a Morte e Paixão de Cristo com o Enterro do Senhor.

 

- Os párocos de Valença, em conjunto com os de Cristelo Côvo, Sobrado, Tui e Galiza, atravessam de Barco o Rio Minho, cruzando os compassos pascais dos dois lados da fronteira a meio da travessia. Diz a tradição que os Sacerdotes devem levar a cruz a beijar à outra margem do rio, como mostra de bom relacionamento.

 

- na Vila Transmontana de Montalegre, a "Queima do Judas" mostra-se como uma sátira à abstinência quaresmal e serve também para castigar o apóstolo, que não representa mais que um bode expiatório do sacrifício que se realiza na Quaresma. O Judas pode ser destruído pelo fogo, por espadas, por apedrejamento, por afogamento ou ser simplesmente enterrado.

 

- Freixo de Espada à Cinta mantém a tradição de realizar a "Procissão dos Sete Passos". Acontece na Sexta-feira Santa e mantém as suas caracteristicas medievais. A "Velhinha", com um cajado numa mão e uma lanterna alimentada a azeite noutra é a personagem principal. Salienta-se outro elemento, que é uma bota cheia de vinho, representando o sangue derramado por Cristo. A Procissão é peculiar por demorar 2 horas a percorrer 100 metros.

 

- emTondelarealiza-se, da noite de sábado para o Domingo de Páscoa, a "Queima e Rebentamento do Judas". Esta festa de raízes pagãs, reúne gentes e culturas, onde se acredita que o fogo lava todos os males.

 

- Castelo de Vide tem o seu ritual marcado por chocalhos, que no sábado de Aleluia saem à rua para celebrar a alegria. O Domingo da Ressureição é vivido pela Festa das Flores.

 

-S. Brás de Alportelassinala o Domingo de Páscoa com a esta das Tochas Floridas. Esta procissão sem santos enche as ruas de flores, as varandas estendem as colchas brancas e os homens caminham com tochas nas mãos. São três toneladas de flores a colorir a manhã de Páscoa.

 

Em todos os locais onde se recebe o Compasso Pascal, as pessoas, durante a Semana Santa, têm o cuidado de limpar a fundo as suas casas. No Domingo de Páscoa, já esta uma mesa posta onde recebem a Cruz de Cristo. Não faltam o pão-de-ló, o queijo, o vinho, as amêndoas e o envelope destinado à Paróquia.

 

 

fonte da imagem: ptlnm.wordpress.com

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported.