Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório Turístico

Um Blog de Técnicos para Técnicos e de Técnicos para Turistas. Tudo o que é preciso encontrar sobre Turismo, está aqui!

Mafra

20.02.13 | Damiana Sousa

Mafra é uma recatada vila, cuja sobriedade é ocultada pelo seu imponente Convento e Palácio.

O Palácio foi mandado construir por D. João V e constitui o mais importante monumento de estilo barroco em Portugal. Com origem no século XVIII, é composto por 1200 divisões, 4700 portas e janelas e 156 escadas. Entre as centenas de divisões, destacam-se a Farmácia, o Hospital e os aposentos do Rei e da Rainha que distam, entre eles, 232 metros. O centro do edifício é evidenciado pelas torres da Basílica do Convento, constituido por 6 órgãos e centenas de esculturas de mármore. Destacam-se também os famosos carrilhões de 92 sinos.

No entanto, é a Biblioteca que não deixa nenhum visitante indiferente. Decorada com madeiras exóticas, mármores preciosos e inúmeras obras de Arte, é considerada uma das mais belas da Europa. Os seus 88 metros de comprimento albergam cerca de 36 mil livros protegidos por morcegos residentes, que devoram os insectos responsáveis pela destruição do papel.

O Palácio de Mafra não servia como residência exclusiva da Família Real. Os reis visitavam frequentemente o Palácio para poderem assistir a Festas Religiosas ou para caçarem na Tapada.

Antes de partirmos para o incrível espaço verde que alberga a Tapada de Mafra, há tempo para uma pausa no Jardim do Cerco, situado perto do Palácio. Destaque para a nora completamente restaurada, para o refrescante lago ornamentado e para as gaiolas repletas de aves exóticas.

A Tapada de Mafra espera-nos no Portão do Codeçal. Com quase 1200 hectares, era um dos lugares preferidos de D. Carlos para caçar.

Para conhecer em pormenor este espaço, estão à nossa disposição visitas de comboio (sem marcação, só aos fins de semana e feriados), quatro percursos pedestres, percursos de BTT ou passeios de charete. Independentemente da sua opção, poderá ver de perto os núcleos museológicos, a fauna e a flora predominantes e assistir a demonstrações de falcoaria ou participar em jogos tradicionais. Para mais informações, clique aqui.

Abandonamos este Retiro Real, para nos dirigirmos a Sobreiro. Aqui localiza-se a Aldeia-Museu de José Franco. A moldagem de bonitas figuras de barro, começou a tomar forma há décadas, resultando numa mini aldeia composta por capela, escola primária, oficinas diversas e muitos moinhos típicos da zona oeste, debruados a azul. Não sair deste gracioso local sem passar na Padaria e comprar o famoso Pão de Mafra, um dos mais deliciosos do País.

Termine o seu passeio na magnífica vila da Ericeira. Aproveite a vista privilegiada onde poderá descansar o olhar no imenso azul do Atlântico.

 

 

Convento de Mafra (clique na imagem para aceder à fonte)

 

Aldeia Museu de José Franco (clique na imagem para aceder à fonte)

 

 

 

Ericeira (clique na imagem para aceder à fonte)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported.