Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório Turístico

Um Blog de Técnicos para Técnicos e de Técnicos para Turistas. Tudo o que é preciso encontrar sobre Turismo, está aqui!

Castelo Branco

26.12.12 | Damiana Sousa

Entre zonas planas envergonhadas e terrenos acentuados, estende-se a Cidade de Castelo Branco. As ruas oferecem calmaria e um conjunto de construções tipicamente rurais do centro do País.

O Centro Histórico é envaidecido pelos belos portados quinhentistas e desvenda um tecido urbano pouco alterado. São típicas as casas com influência do estilo “Manuelino Popular”, caracterizado por uma decoração pobre e uma arquitectura simplista. É na Rua de Santa Maria que predominam todos estes pormenores. O caminho segue para a imponente Torre do Relógio que nos conduz até à Sé (Igreja Matriz / Igreja de S. Miguel). Distinguem-se diferentes elementos Renascentistas que correspondem às suas distintas fases de construção (entre os séculos XVI e XIX). Tem ainda características barrocas, provenientes da construção da Sacristia Grande e da Capela do Santíssimo Sacramento. Toma-se agora a direcção do Jardim do Paço, o verdadeiro ex-libris da Cidade. É composto por uma variedade de cascatas, repuxos, lagos e escadarias que se encontram em perfeita harmonia com as cores dos jardins. Estão espalhadas também por todo o espaço, diversas estátuas alusivas aos Signos do Zodíaco, às Partes do Mundo, às Quatro Estações e aos Reis de Portugal, entre outras. O Jardim do Paço é o exemplar mais original do Barroco em Portugal.

Pela Rua dos Ferreiros, chegamos ao Solar dos Caldeiras que merece destaque pela decoração da capela que sobressai na fachada da casa. Sendo uma cidade tão rica em Casas Solarengas, o difícil mesmo é decidir qual ficará entre as suas preferidas! Pelas ruas estreitas, é tempo agora da visita seguir para o Castelo. Apesar da sua anciã origem, foi durante a Idade Média que aqui se fundou a Fortaleza Templária. Testemunha dessa história é também a Igreja de Santa Maria do Castelo, que se encontra no recinto da Fortaleza. Para alcançar o Miradouro de São Gens, é preciso percorrer uma longa subida. O esforço é compensado pela maravilhosa paisagem sobre a zona histórica da cidade.

Desce-se em direcção ao Jardim da Devesa, onde se termina a visita na agradável esplanada. O olhar descansa no Solar dos Viscondes de Oleiros, que acolhe hoje a Câmara Municipal. 

Por entre Solares, Igrejas, Museus e Jardins, Castelo Branco não desvenda a sua história logo na primeira visita. Demore-se e volte a esta cidade famosa pelos seus bordados.

 

 

Solar dos Viscondes de Oleiros (Câmara Municipal)

fonte própria

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported.