Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Os cantinhos da Beira Baixa

turismado por Damiana Sousa, em 28.08.14

Nem só das grandes viagens se fazem grandes descobertas. Eu descobri a Aldeia do Açor, no concelho do Fundão, num fim de semana de recreio. Sou uma Técnica Superior de Turismo com um gosto especial pelas tradições, por isso mesmo, há 18 anos que integro o Rancho Folclórico Os Rouxinóis do Dão de Fagilde, que me tem possibilitado conhecer locais pouco massificados, para além de me permitir fazer parte de um legado tão português, que espelha a realidade da sociedade portuguesa nos finais do século XIX.

Foi assim que descobri a Aldeia do Açor. Ainda que tenha uma costela assumidamente citadina, gosto de escapar para onde está a natureza, para onde se sente o cheiro a pinheiro em pleno verão, o cheiro à terra molhada nas primeiras chuvas. Porque ainda há coisas que não podemos encontrar nas cidades...

O caminho é pouco convidativo a quem tem fobia a curvas e contracurvas, mas chego à conclusão que aqui em Portugal todos os belos tesouros estão guardados por acessos difíceis, para que a viagem valha a pena.

Percorremos as pequenas ruas da Aldeia e somos convidados a degustar os figos da figueira que é quase comunitária e se a sede aperta, está à disposição a fonte de água fresca bem no centro da aldeia. Aqui a vida passa sem pressa, as pessoas aninham-se nas suas casas e descem às ruas em dias de festa.

A hospitalidade é sem igual e o visitante tem a oportunidade de recuar no tempo ao entrar "Na minha Casa", uma pequena réplica dos antigos costumes das famílias. Aqui encontramos todos os artefactos utilizados nas lides do campo e da casa: regadores, cestos de palha, pipos de madeira, louças e bonecas de trapos... O Forno Comunitário mora logo ao lado.

Aqui ainda se conservam as tradições e é possível identificar o grande dinamismo que esta aldeia possui, atraindo visitantes ao alto da Serra da Maúnça, vindos de muitas regiões do País. Todos os anos, no mês de Novembro, realiza-se a Mostra de Artes e Sabores da Maúnça, na Aldeia do Açor, onde todos os habitantes abrem as suas portas para mostrarem o melhor da gastronomia desta terra. O evento, realizado desde 2000, celebra a chegada da castanha, num evento que apela aos sentidos e à tradição, valorizando a gastronomia, as tradições e o artesanato locais.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:38

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported.



Quem é a Doutora dos Turistas

foto do autor


Informação Personalizada / Promoção de Conteúdos

Procura um Programa, Itinerário ou Circuito feito à sua medida? Em Portugal ou além fronteiras? Ou deseja ver anunciado o seu Evento, o seu Hotel, os seus Programas ou outro assunto que considere interessante? Contacte directamente a Doutora dos Turistas através de: consultorio.tur@gmail.com :) ||
Para outros serviços associados ao Consultório, contacte-nos, por favor, através do seguinte endereço: geral.consultorioturistico@gmail.com

Site do Consultório Turístico:

http://www.consultorioturistico.com

Últimas novidades no Facebook:

Últimas Notícias no Facebook do Consultório


Seguir o Blog

Assinar Newsletter



Política de Privacidade


Pesquisar no Mundo

Custom Search




Notícias via Publituris