Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Com um pé na Serra

turismado por Damiana Sousa, em 29.05.12

Se considera a simpática cidade de Seia apenas um ponto de passagem para subir ou descer a Serra da Estrela, lamento desiludi-lo na sua convicção... Encontre em Seia o local ideial para tranquilamente apreciar o seu rico património arquitectónico, ao longo das suas ruas pintalgadas de história e tradição. Vai encontrar uma harmonia perfeita entre a Cidade e a Serra, que fica logo ali "à porta". Será uma viagem no tempo inesquecível.

Quando visitar a Igreja Matriz, estará a pisar solo conquistado aos Mouros por D. Afonso Henriques. O terreiro rochoso é tudo o que resta do seu Castelo Medieval. O Bairro do Castelo vai de certeza remetê-lo para a época medieval, onde as construções das habitações, a par com as ruas estreitas, se destacam pela sua tipicidade. Só aqui, em poucos passos, já conseguiu recuar umas valentes centenas de anos. Continue a sua visita pelo Edifício dos Paços do Concelho, uma antiga Casa Senhorial pertencente aos Albuquerques e que em tempos fora também o quartel-general de Wellington na última invasão de Napoleão. Rica em edifícios solarengos, Seia oferece-lhe também o Solar dos Botelhos e o Solar de Santa Rita.

De destacar também, a Capela de São Pedro, resultado de épocas diferentes de construção, com toques medievais, românicos, góticos e manuelinos. Ainda no centro de Seia, pode visitar a Igreja da Misericórdia, com as suas características barrocas.

Gostaria de o remeter também para os Museus que a cidade oferece. Faça uma pausa no Museu do Brinquedo e continue a sua viagem no tempo. No seu interior irá encontrar brinquedos que farão lembrar com toda a certeza os seus tempos de infância. Carrinhos, bicicletas, piões, bonecas, aviões, livros, brinquedos de madeira... O Museu oferece uma colecção espetacular de brinquedos de Portugal e do resto do Mundo. Um espaço bastante interessante que não distingue adultos de crianças. Aconselho-o vivamente a deixar-se levar nesta visita que de infantil tem pouco.

Ainda em Seia, não perca a oportunidade de conhecer o processo do fabrico do pão, no Museu do Pão de Seia. Será levado a conhecer o ciclo do Pão, desde que a semente do trigo cai à terra, até ao seu processo de confecção artesanal. Pelo caminho, vai descobrir muitas histórias, muitas tradições e muitas curiosidades relativas ao fabrico do Pão. As crianças têm também a oportunidade de manipularem os ingredientes pertencentes à cozedura do Pão.

Como "nem só de Pão vive o Homem", o Museu é composto também de uma "mercearia à moda antiga", onde, entre outros produtos artesanais, vende o próprio pão que fabrica; poderá também relaxar no Bar/ Biblioteca do Museu ou aquecer o estômago no Restaurante. Garanto que sairá satisfeito. É o único Museu do genéro que poderá conhecer na Península Ibérica.

 

Então, ainda precisa de mais motivos para agendar a sua visita? Ou já o convenci que Seia não é apenas um ponto de passagem?

 

 

 

 

Encontre mais informações sobre Seia (cidade e conselho) aqui e aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:37

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported.



Quem é a Doutora dos Turistas

foto do autor


Informação Personalizada / Promoção de Conteúdos

Procura um Programa, Itinerário ou Circuito feito à sua medida? Em Portugal ou além fronteiras? Ou deseja ver anunciado o seu Evento, o seu Hotel, os seus Programas ou outro assunto que considere interessante? Contacte directamente a Doutora dos Turistas através de: consultorio.tur@gmail.com :) ||
Para outros serviços associados ao Consultório, contacte-nos, por favor, através do seguinte endereço: geral.consultorioturistico@gmail.com

Site do Consultório Turístico:

http://www.consultorioturistico.com

Últimas novidades no Facebook:

Últimas Notícias no Facebook do Consultório


Seguir o Blog

Assinar Newsletter



Política de Privacidade


Pesquisar no Mundo

Custom Search




Notícias via Publituris