Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Capital Europeia da Cultura

turismado por Damiana Sousa, em 20.11.12

Atreva-se a explorar a mais rica capital europeia da Cultura, em Portugal! Ainda vai a tempo de sentir o privilégio de conhecer Guimarães, um ponto de encontro de referência na Cultura Europeia.

Porque não começar a sua visita pelo extraordinário Castelo? Nascido no século X, sempre foi sua função proteger a comunidade em seu redor. Mas foi no século XII, com a formação do Condado Portucalense, que o Castelo recebeu o Conde D. Henrique e D. Teresa, que fizeram do Castelo e de Guimarães o Berço de Portugal, onde se afirma também ter nascido D. Afonso Henriques.

A Capela de S. Miguel, bem próxima do Castelo, deslumbra pelo seu estilo românico e de grande simplicidades arquitectónica. Este Monumento Nacional tem um grande simbolismo pela sua ligação ao período da fundação da nacionalidade. A vista alcança o Paço dos Duques de Bragança, uma majestosa Casa Senhorial do século XV, mandada edificar por D. Afonso Henriques. As sua caracterísitcas arquitectónicas, fazem deste edifício um exemplar único na Península Ibérica. Em 1959, abre ao público como Museu, contando no seu espólio uma riquíssima colecção trazida pelos Descobrimentos Portugueses, onde se destacam as tapeçarias, as porcelanas da Companhia das Índias, as faianças portuguesas e ainda uma vasta colecção de armas e armaduras dos séculos XV a XIX.

Descansa-se no Largo Martins Sarmento onde é possível contemplar o Chafariz, para de seguida a visita se dirigir para uma das primeiras ruas abertas em Guimarães. A Rua de Santa Maria, destinava-se a ser um elo de ligação entre o Convento e o Castelo. Na sua travessia, é possível contemplar o Convento de Santa Clara (hoje sede da Câmara Municipal), é possível visitar a Casa do Arco, a Casa dos Peixotos e a Casa Gótica dos Valadares.

A viagem histórica continua pelo Padrão do Salado, um alpendre gótico erguido no reinado de D. Afonso IV para comemorar a Batalha do Salado. Daqui à típica Casa da Rua Nova é um saltinho. Este é um edifício característico da cidade de Guimarães, com origem medieval e totalmente recuperado.

O Largo do Toural é o local perfeito para terminar a visita ao centro histórico. Aqui, no século XVII, localizava-se a porta da vila e era o ponto de encontro para os mais variados Mercados.

Para quem for apreciador de uma bela paisage, não pode perder a subida à montanha da Penha através do Teleférico. Bem lá no alto, o Santuário fica à espera dos seus visitantes e as grutas à espera dos seus exploradores. Os miradouros oferecem uma vista maravilhosa sobre a cidade, que tem muito a descobrir pela mão dos seus vestígios arquitectónicos.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:45

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported.



Quem é a Doutora dos Turistas

foto do autor


Informação Personalizada / Promoção de Conteúdos

Procura um Programa, Itinerário ou Circuito feito à sua medida? Em Portugal ou além fronteiras? Ou deseja ver anunciado o seu Evento, o seu Hotel, os seus Programas ou outro assunto que considere interessante? Contacte directamente a Doutora dos Turistas através de: consultorio.tur@gmail.com :) ||
Para outros serviços associados ao Consultório, contacte-nos, por favor, através do seguinte endereço: geral.consultorioturistico@gmail.com

Site do Consultório Turístico:

http://www.consultorioturistico.com

Últimas novidades no Facebook:

Últimas Notícias no Facebook do Consultório


Seguir o Blog

Assinar Newsletter



Política de Privacidade


Pesquisar no Mundo

Custom Search




Notícias via Publituris